Por: Vitor Placucci Vizzotto

 

O que pensar na decisão da diretoria do Palmeiras ao demitir o técnico Ricardo Gareca? 

Foto: esportes.estadao.com.br
Foto: esportes.estadao.com.br

Foto: espotes.estadao.com.br

 

Me digam, qual é o problema da diretoria do Palmeiras? Primeiro: havia todo um planejamento inicial para trazer jogadores bons com Gareca e o Palmeiras não cumpriu, como sempre. Segundo: O Palmeiras continuará pagando o salário do técnico argentino, por causa da rescisão de contrato. Terceiro: Me dá um tempo Paulo Nobre! 

 

O discurso do presidente do Palmeiras é protetor. No sentido de isolar o elenco de culpa, que tem muita. Mas por que o Gareca foi demitido? Porque simplesmente a voz ativa no Palmeiras é o conselho e a diretoria. E há uma divisão lá dentro que não rechaça brigas, discordâncias e egocentrismo. Isso dificulta a vida do clube, e muito! A forma como o Palmeiras funciona tem que ser mudada e esse “amadorismo atônito” causa enxaquecas nos torcedores até hoje. O futebol mundial mudou! Não há mais espaço para favoritismos, máfias, ou como no caso do verde, um sujeito monopolizando o clube. Não citarei o tal, mesmo porque todos nós estamos cansados de saber que sua cara caída e gorda não deixará o clube tão cedo. Já o sr. Paulo Nobre não tem fibra o suficiente para assumir um compromisso, pois tem medo do rebaixamento. 

 

Ricardo Gareca tinha apenas 13 jogos no comando do Palestra. Oras, estamos no meio do campeonato, ainda havia esperança. O torcedor estava indo ao estádio apoiar porque acreditava em Gareca, por mais que seu retrospecto seja ruim. Desanimador… 

 

Enfim, quem está cotado para ser técnico agora é Dorival Junior e Jorginho, que já teve passagem no Palmeiras em 2009. O mais provável e quase certo é Dorival. Por sua identificação com o clube e porque é o mais viável em termos salariais para o verdão. Nesta manhã, a diretoria e Dorival estão conversando e por parte da diretoria, segundo o jornalista da ESPN, Paulo Vinicius Coelho, o nome já está certo. 

 

Os números recentes de Dorival Junior não são muito animadores. Sem clube desde o final de 2013, sua última passagem foi no Fluminense teoricamente rebaixado no ano passado e antes no Vasco da Gama. Ambas campanhas péssimas. No Vasco ele pegou o time em 14º lugar e o entregou em 17º e no Flu terminou a campanha em 17º. Tudo bem que o técnico não teve um tempo considerável nos dois clubes para mostrar seu trabalho e realizar um planejamento, então paramos e refletimos. Não acho Dorival uma má escolha, mas um Tite cairia bem não?! Dinheiro não é desculpas! A diretoria que arranje um patrocinador e traga reforços de imediato! 

 

Agora é sentarmos e esperarmos as próximas decisões do clube. Paciência o torcedor palestrino não tem mais, então acho melhor algo ser feito, se não a casa vai cair de novo. 

 

Forza Palestra!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s