Por: Vitor Placucci Vizzotto

 

Vitória avassaladora do Fluminense no Maracanã. Palmeiras em reabilitação.

Foto: globoesporte.com
Foto: globoesporte.com

3 x 0, este foi o resultado do jogo no Maracanã. Palmeiras que colhe seus cacos e aos poucos vai se reconstituindo, não suportou a supremacia tricolor no Rio de Janeiro e perdeu. Com isso, o Fluminense volta ao G4 com 35 pontos e o verdão ainda consegue respirar fora da zona de rebaixamento com 21 pontos, porém somente um ponto a cima do 17º colocado da zona da degola. Era de se esperar, maldita expressão que vêm sido recorrente no Parque Antártica, vimos mais uma vez um Palmeiras que não passava de um coelhinho inofensivo. Dorival Júnior traz consigo bateria o suficiente pra tentar reerguer o Palmeiras, coisa que sinceramente, pensando melhor, Gareca não tinha mais.Tudo bem, o verde perdeu, mas analisemos os números do técnico palestrino, que embora sejam poucos ainda, mas vemos uma sutil mudança que mais pra frente pode resultar em bons resultados. Tudo é uma questão de tempo, assim como era com Gareca. Paciência, isso que falta no Palmeiras.

O jogo foi um jogo totalmente propício para o Flu que contou com a volta do camisa 9 Fred. Já o técnico do verdão estava com 12 desfalques de dor de cabeça, assim fica difícil. Não que sejam 12 ‘Ademir das Guias’, mas poderiam ajudar de alguma forma. Os 12 desfalques são: Valdivia, Fernando Prass, Tobio, Thiago Martins, Wellington, Marcelo Oliveira, Lúcio, Allione, Wendel, Wesley, Bernardo e Bruninho. A bruxa continua solta.

Da ponta direita Conca recebeu a bola e cruzou para a área e o zagueiro Victorino furou horrendamente e a bola sobrou para Fred que deitado fez o primeiro gol do Flu aos 6 minutos do primeiro tempo. O segundo gol foi de pênalti, polêmico. A bola bateu na mão esquerda de Renato dentro da área, após cruzamento de Wagner e o árbitro marcou pênalti. Fluminense 2 a 0, cobrança de Fred. Depois, mais um lance polêmico, agora a favor do Palmeiras. Patrik Vieira ‘sofreu pênalti’ não marcado, e de fato, não foi pênalti, o jogador se atirou ao chão. E para fechar a noite trágica, falta na ponta direita. Cobrança de Conca direto pro gol e gol. Fábio espalmou a bola para dentro do gol do Palmeiras fechando o placar, 3 x 0.

O Palmeiras veio a campo mudado em ralação aos outros jogos, com um 4-4-2, escalando: Fábio (GOL), Weldinho (LD), Victorino (ZG), Nathan (ZG), Victor Luis (LE), Renato (VOL), Eguren (VOL), Juninho (LE), Patrick Vieira (MEI), Diogo (ATA) e Henrique (CA). Técnico: Dorival Júnior

O Flu também com um 4-4-2, escalando: Diego Cavalieri (GOL), Rafinha (LD), Marlon (ZG), Elivelton (ZG),  Chiquinho (LE), Jean (VOL), Cícero (VOL), Wagner (MEI), Conca (MEI), Rafael Sobis (ATA) e Fred (CA). Técnico: Cristóvão Borges

Agora é consertar os erros. Acredito em Dorival Junior. Tudo é uma questão de tempo.

Forza Palestra!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s