Vitor Placucci Vizzotto

Palmeiras atropela São Paulo no Allianz Parque  e é time impecável em campo.

Allianz Parque
Foto: https://www.facebook.com/AllianzParque/photos/a.285473544849541.70873.180595495337347/874037369326486/?type=1&theater

Hoje o palmeirense está pra lá de feliz! 3 x 0 em cima do São Paulo, em casa, é para poucos. Vimos simplesmente um passeio acontecer em campo ontem. O Palmeiras começou muito bem, com raça e fome de gol. Observo um time completamente diferente do que aquele que jogou nas rodadas passadas contra o São Bernardo, fora de casa e o XV de Piracicaba em casa. A atitude mudou. Um time se criou. Ontem foi o ápice do campeonato e o detalhe importante que poderá consolidar, finalmente, o elenco.

A cada lance, uma arrancada bem dada, passes trocados com maestria, o jogo completamente diferente deste apático futebol moderno brasileiro onde só faz cruzamentos infundados. Ontem o verdão mostrou para o que veio. A tática foi bem trabalhada no meio de campo e os passes foram se consolidando pouco a pouco, a partir do momento que os jogadores ganhavam mais confiança. O Palmeiras perfurava a defesa são paulina facilmente com tabelas e o toque de bola veloz. Ou seja, tudo indica que as coisas podem mudar a partir de agora.

Posso até dizer que o jogo de ontem foi um dos melhores da última década, para vermos que muita coisa precisa melhorar ainda. Esta nova fase de contratações, patrocínios, estádio novo e a torcida apoiando como nunca, pode fazer com que nós revivamos das cinzas. A paciência tem que ser nossa melhor amiga neste momento, não podemos cobrar loucamente um time que está em formação. Este foi um dos erros cruciais cometidos por parte da torcida nos últimos tempos.

O JOGO

O primeiro gol saiu logo aos 3 minutos do primeiro tempo, depois de uma falha grotesca do goleiro são paulino. Rogério Ceni chutou a bola sem compromisso e ela caiu nos pés de Robinho, que estufou a bola no peito e soltou o foguete a 41 metros do gol adversário, para abrir o placar. Golaço! Aos 7 minutos, o zagueiro do São Paulo, Rafael Tolói, foi expulso após entrada criminosa em Dudu. O segundo gol, saiu após bela jogada de Dudu que cruzou a bola na área da esquerda para a direita, passando por Robinho e Michel Bastos e sobrando para Rafael Marques aos 23 minutos ampliar, 2 x 0. E por fim o terceiro gol veio para sacramentar a vitória e lavar a alma palestrina. Zé Roberto alçou a bola na área e de voleio Rafael Marques, novamente estufou as redes adversárias. 3 x 0, fora o baile!

Com relação aos gritos ofensivos da torcida do Palmeiras para Rogério Ceni, só tenho uma coisa a dizer: o que é dito no estádio, não se reflete necessariamente no dia a dia das pessoas, porém deve ser construído e se ter o bom senso, a todo momento.

Agora o Palestra parece estar no caminho certo. Esperamos ver o time embalar de vez no ‘paulistinha’ para que o time esteja bem preparado para o brasileiro.

 

FORZA PALESTRA!!!

 

Confira os lances da partida de ontem:

http://glo.bo/1Bq5aFN

Deixar uma resposta