Por: Vitor Placucci Vizzotto

4 gols que revelam o bom trabalho de Marcelo Oliveira

Foto: Cesar Greco / Fotoarena
Foto: Cesar Greco / Fotoarena

Sim, há algumas rodadas atrás eu questionava a saída de Oswaldo de Oliveira do Palmeiras e não abro mão do meu argumento, pois acho que quem montou o time foi ele e provavelmente estaríamos bem no campeonato. Mas tenho que admitir que quem colocou o elenco para jogar como time grande foi Marcelo Oliveira.

O Cruzeiro de Marcelo era semelhante de mais a esse Palmeiras que mantém a consistência baseada em seu farto elenco e sem um craque. Os dois times se assemelham por ter essa quantidade de jogadores e por jogarem simplesmente como um time, como um grupo. Futebol hoje em dia é isso. Quem não tem união, entrosamento e números, não ganha.

Na partida de ontem vimos a consistência que faltava ao time. Se não fosse pelo empate contra o Sport, estaríamos com 7 vitórias. Sete!

Essa é a maneira de começar a visar a taça do campeonato brasileiro que sim, é baseado em consistência.

DISPUTA

Fico extremamente contente em ver Leandro Pereira bem, fazendo gols com a nostra camisa. Pelo simples fato de que essa disputa sadia é extremamente benéfica para caminharmos rumo ao título.

O ‘Banana’, já estava sendo questionado e quase foi negociado, mas mostrou que não ocupava a posição de matador por acaso. Era só questão de tempo.

Tempo.

Isso para o torcedor brasileiro não existe. Já dizia que era questão de tempo para o verdão engrenar, se entrosar e ganhar. Estamos ganhando e dominando as partidas. E isso só vem com tempo de trabalho.

Uma coisa que me agradou taticamente foi a troca de posição do Cristaldo. Há tempos eu já dizia e achava que o argentino não é centro avante, mas sim segundo atacante. Embora não tenha jogado como segundo atacante, Marcelo o colocou como ponta no lugar de Rafael Marques.

Essa era a visão de jogo que eu estava esperando de um técnico.

Ele manteve o 4-2-3-1, não tirou o Leandro Pereira, por merecimento e está procurando, ao mesmo tempo, testar as peças que tem no elenco.

O discurso agora não mudou. Calma, persistência, sangue, suor, amor à camisa que chegaremos lá! Vamos continuar fazendo o que já fazíamos quando estávamos mal no campeonato, que é: lotar notra casa!

Rumo ao título!

FORZA PALESTRA

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s