O MILAGREIRO


Por: @VitorVizzotto

25488554275_7edeeff4c1_o
(Foto: Cesar Greco / Fotoarena)

Vamos por partes. Uma vitória que, embora sofrida no estilo Palmeiras, foi muito importante para nos firmarmos neste ano. Cada voz que estava no estádio, levou o time à glória, mais uma vez.

Um primeiro tempo magnífico do verdão, sem questionamentos. Raça, superação e bom toque de bola, foram caraterísticas propostas pelo time na primeira etapa. Gostei também da escalação. Cristaldo e Thiago Martins entraram no time muito bem e talvez, se firmaram como titulares. Assim espero.

Uma partida muito boa do zagueiro que voltou do Paysandu e mostrou que Leandro Almeida e Roger Carvalho não tem mais espaço. Talvez Nathan poderá ter, mas para isso, Marcelo Oliveira terá que rodar o elenco, coisa que ele não faz.

Eu venho pedindo a tempos para que MO faça uma rotação. Espero que neste jogo de domingo contra o Capivariano, ele coloque algumas peças para jogar, como por exemplo: Eu escalaria Rafa Marques para jogar de centro avante (como jogou contra o Rosário); Colocaria Nathan no lugar de Vitor Hugo, pra poupá-lo, e manteria o Thiago Martins; Sacaria o Robinho do elenco, pois o meia parece estar cansado; E por fim, tiraria Dudu para o lugar de Erik e colocaria Matheus Sales para jogar.

Mudando da questão tática para o jogo de ontem. O Palmeiras teve no segundo tempo somente 34% de posse de bola. Isto é grave prum time que estava jogando em casa, ainda por cima com ela lotada. O Rosário Central, me desculpem, é um time ridículo. Teve inúmeras oportunidades e não marcou.

Falando nas oportunidades, devemos parabenizar o novo santo, São Prass, que foi abençoado por São Marcos e incorporou as habilidades do ex-goleiro. Simplesmente fenomenal a sua atuação em campo ontem. Se não fosse ele, novamente, teríamos perdido.

ERROS E ACERTOS 

O técnico do Palmeiras errou em dois aspectos, mas acertou em três. Errou em ter sacado Thiago Santos, que naquele momento da partida, era o jogador melhor em campo e que estava segurando o sistema defensivo. E por ter recuado o time no segundo tempo.

Marcelo acertou na escalação do time, que para mim foi a melhor do ano, contextualizando com o momento de cada jogador. E nas duas outras alterações, que por mais tardias, foram efetivas. Arouca entrou bem e o Rafa também.

Venho conversando com muitos palmeirenses e muitos dizem que não querem que Marcelo caia, mas muitos querem. Aos que querem eu vos digo: Não vai adiantar trocar o treinador. Parece discurso repetido, mas lembra do Corinthians do Tite em 2010? Não ganhou nada, não estava jogando nada e mesmo assim, o presidente da época Andrés, decidiu mantê-lo. Deu no que deu.

Fora este exemplo, existem outros inúmeros, como por exemplo os casos dos times europeus. Lá um técnico permanece anos no mesmo clube, como todos sabem. E eles tem tempo de realizar um trabalho sólido. O mesmo deveria acontecer aqui, oras.

Outra coisa, por favor, sejam menos chatos? Eu sei, vocês vão me xingar, mas nós devemos mais apoiar nosso time do que balbuciar palavras feias em vão, sem sentido algum e acabar por atrapalhar os jogadores. Vou explicar: Tinha um sujeito atrás de mim ontem no estádio, que só xingava os jogadores. Cara, não é assim! Vamos apoiar o time, por mais que eles não estejam jogando nada. O Alione, mal tinha entrado e o rapaz estava xingando-o sem precedentes. Reflita.

Enfim, agora é ver como será a partida de domingo e esperar que o time não jogue tão feio na quarta contra o Nacional.

FORZA PALESTRA

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s