Por: Vitor Vizzotto

JESUS BAYERN

Gabriel Jesus é o nome dele, e nesta semana vêm sendo assediado a todo instante por algum gigante europeu. O nome da vez foi o clube alemão Bayern de Munique, que enviou ao Brasil um representante que já observou o garoto na partida contra o Flamengo e observará por mais algum tempo.

Os outros clubes que vêm o observando são: Internazionale e Juventos, ambas italianas;  Real Madrid, clube espanhol.

Na cláusula contratual do jogador existem 5 clubes que podem leva-lo pagando a multa menor, que mesmo assim é salgada. Essa multa é de 40 milhões de euros para os outros clubes e para estes 5 é de 24 milhões de euros.

Os 5 clubes são: Manchester City, Real Madrid, Barcelona, Bayern e PSG. São clubes que Jesus gostaria de jogar.

Como já dito anteriormente aqui no blog, o Palmeiras só tem 30% dos direitos do jogador, que é um valor ínfimo comparado ao que os investidores do menino levarão. Esta talvez, é a questão principal desta novela.

Deveria existir no futebol brasileiro uma lei que determinasse que os clubes deveriam obter 50% dos direitos de seus jogadores da base. Porém esta lei não existe e os clubes são vítimas de grandes corporações ou empresários que se beneficiam na hora da venda de grandes jogadores, como por exemplo no caso Neymar x Santos. O time da Vila não ganhou um grande valor na negociação do jogador para o Barcelona, e além disso teve parte do dinheiro surrupiado.

Estas são questões que não são discutidas no âmbito do futebol, mesmo porque algumas dessas grandes corporações, já mencionadas, manipulam o poder nas decisões dos cartolas brasileiros. Quem dera se a lava-jato chegasse realmente na CBF…

A HORA CERTA

Nós, como palmeirenses, evidentemente não queremos que o garoto vá para Europa depois das olimpíadas, mas realmente, todos que gostam de futebol acham a mesma coisa.

Na minha opinião, Jesus deveria ficar no Palmeiras até o meio do ano que vem, pois neste meio tempo, daria para o senhor Paulo Nobre pegar um ‘dinheirinho’ la daquele banco que ele tem fundos infinitos, e comprar de vez os outros 20% do jogador, pra pelo menos, o verdão não sair perdendo nessa história.

Se os dirigentes do Palmeiras acharem que o jogador deve sair agora no meio do ano, será nítido, que pouco pensam no futuro do clube e na entidade.

FORZA PALESTRA

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s