Por: Vitor Vizzotto

27811112180_aa5b2f0247_o
(Foto: Cesar Greco / Fotoarena)

Ganhamos mais uma final amigos! Embora o nosso rival tenha aplicado uma goleada nos cariocas, mesmo assim não conseguiu nos passar. E hoje vencemos com o mesmo espírito das últimas partidas. Sempre atacando e com fome de gol.

Vencemos como visitantes e esta é a segunda vez. A primeira foi exatamente contra o Flamengo. Engraçado analisar a tabela do brasileirão. A pouco tempo o Santa Cruz liderava e hoje, coitados, são os penúltimos colocados. Mas isto, obviamente não irá acontecer com a gente.

Vejo que nossos jogadores estão unidos feito unha e carne. Não que eles já não estivessem, mas o consenso deste grupo aumenta a cada dia com relação ao foco na liderança. Eles sabem que se perderem uma partida, ou empatarem, pode comprometer com toda a campanha. Portanto acho que não é um time perfeito, mas está bem próximo de ser, para os padrões do futebol no Brasil.

OS PRÓXIMOS JOGOS

Mais quatro jogos chave. Santos em casa, Inter fora, Atlético Mineiro aqui e Botafogo no Rio. Cada partida com a sua particularidade, e juntamente com isso vêm mais um desafio para as mãos de Cuca.

São 3 dérbis logo de cara e mais um jogo que é obrigação vencer, já que o Botafogo não vêm bem. O Santos cresceu na competição e eles vêm sendo pedra no nosso sapato desde o ano passado, onde recriamos uma histórica rivalidade. Estamos na frente neste retrospecto, mas não podemos cantar de galo. Falando em galo, recebemos no terceiro jogo o Atlético em casa, que será outra partida em que ou ganhamos, ou ficará difícil. E o Inter que é o segundo jogo, não está mais tão bem projetado na tabela, mas é um dos candidatos a este título.

Em resumo: é ganhar ou ganhar, isso é o campeonato brasileiro e o Palmeiras têm que se acostumar com esse sistema. Todo mundo sabe disso.

Agora, uma particularidade deste campeonato é que os times da parte sul do país dominam a ponta da tabela, principalmente nós do sudeste. São três paulistas e dois gaúchos. Sempre criticarei o futebol brasileiro neste aspecto, porque para mim os únicos estaduais que têm uma espécie de funcionamento e que são disputados, é o nosso e o dos gaúchos. Esta então é a explicação que são os grandes desses estados que estão na ponta.

Enfim, o que importa é que o nosso verdão está aprendendo a jogar o campeonato. Nós nunca nos acostumamos com esse tipo de disputa, até porque todos os nossos títulos brasileiros foram por via dos mata-matas.

Temos um ótimo elenco, jovem e destemido. E o mais importante de tudo, um comandante especialista em pontos corridos.

Palmeiras x Santos – Allianz Parque – 12/07/16

FORZA PALESTRA!

Deixar uma resposta