CONTAGEM REGRESSIVA

Por: Vitor Vizzotto

30189473813_140d5bbfb4_o
Foto: Cesar Greco

Foi lindo. Foi quase inacreditável. Os intermináveis 22 anos de fila poderão acabar daqui quatro rodadas. Podemos sacramentar a nossa conquista lá em Belo Horizonte e colorir novamente o país de verde.

Estamos a alguns passos daquele que pode ser o título mais importante do novo milênio. Sim, os nossos rivais tiram sarro da nossa cara, principalmente os da Marginal/Itaquera. Mas em termos históricos, primeiro que temos mais títulos e segundo que nunca ficamos tanto tempo quanto eles em uma fila. Podem falar o quanto quiserem, esta conquista entrará nos livros de história.

O JOGO DA TÁTICA

Sim, em termos táticos o Palmeiras jogou o fino da bola, indo contra a opinião da imprensa que diz que o time não joga um futebol bonito. É impressionante como alguns da imprensa teimam em tentar denigrir a imagem do verdão, sempre. Chega a ultrapassar os limites da ignorância.

O Cuca deu um nó tático no senhor Celso Roth. Em que sentido? As linhas ofensivas do Inter, simplesmente, não conseguiam passar da muralha alviverde. Thiago Santos fez uma partida exemplar, junto com o Mina, zagueiro que por sinal pode ter o seu futuro ligado a Europa, em breve.

Isso foi mais claro do que clara de ovo. A imprensa percebeu isto, mas a inveja e a falta de compromisso com a informação é tão grande, que eles omitem essa informação pra tentar manchar aquilo que nunca será manchado, a nossa campanha.

Fizemos jogos espetaculares: contra o Atl. Paranaense, quando metemos um 4 x 0. Contra o Figueirense quando também goleamos pelo mesmo placar. Contra o tricolor gaúcho, em uma partida memorável no Pacaembu, que teve a mesma chuva torrencial de ontem. E nem preciso falar dos dois clássicos contra o Corinthians.

Enfim, ninguém pode ir contra os números e fatos, por isso não conseguirão manchar a nossa faixa. Seremos campeões. Eu cravo. E como diria um colega de trabalho que se refere a um corintiano, tirando onda dele a meses: “Entrega a taça, Jorjão!”.

FORZA PALESTRA