Por: Vitor Vizzotto

Realmente, faz algum tempo que não escrevo aqui, mais precisamente a uma semana. Senti muito a perda dos bravos guerreiros da Chapecoense na semana que passou. Fiz uma série de postagens na minha rede social particular, de como me senti tremendamente desolado com a perda destes jogadores. Foram heróis que me identifiquei em frações de segundos lá no Allianz Parque, que uniram as quatro torcidas organizadas de São Paulo que se odeiam e que propagaram a paz para o planeta além do mundo da bola.

Presto aqui mais uma homenagem a eles, com esta foto. Simbólica e auto-explicativa. Parabéns a Chape pelo campeonato e #ForçaChape.

files-fbl-sudamericana-chapecoense-sanlorenzo-g823140hn-1

Mas vamos falar agora sobre o futuro da S.E Palmeiras.

Com o título do campeonato brasileiro deste ano, subimos ao topo do cenário futebolístico nacional, porém tivemos algumas perdas que nos trouxe uma série de incertezas. Primeiro com a saída de Jesus para o Manchester City, de Guardiola e cia. Não sabemos quem o substituirá ainda, mas temos algumas opções no mercado. Entre elas estão:

1) Carlos Tévez (Boca Juniors), que acho um pouco impossível; 2) Borja (Atl. Nacional), que tem um alto valor no mercado e acredito que não virá para nenhum time do Brasil. Além de ser mais caro do que o Gabriel; 3) Calleri (West Ham), ex-são paulino que gostaria de voltar ao Brasil, mas acho que não iria para o Palmeiras pela passagem recente no São Paulo; 4) Lucas Pratto (Atl. Mineiro), o nome que mais agrada a todos os palestrinos e que parece estar apalavrado com o alviverde.

Segundo, com a saída do técnico Cuca e seus auxiliáres, inclusive Alberto Valentim, que era cria do clube.

O técnico Cuca, da SE Palmeiras, durante treinamento, na Academia de Futebol.
Foto: Cesar Greco

Agora devemos coçar a cabeça mesmo, porque com a saída de um treinador muita coisa muda. Mas o que me conforta na escolha de Eduardo Baptista é que ele foi um técnico que fez uma ótima campanha com a Ponte Preta. Ao meu ver, ele não é o técnico ideal para este Palmeiras, mas já que foi praticamente anunciado, eu não o enxergo com maus olhos.

A macaca terminou o campeonato em décimo lugar e tinha alguns nomes que já passaram por aqui e não jogaram bem, como: Wellington Paulista e João Victor. Desculpem-me a brincadeira torcedores de Campinas, mas foi algo louvável.

Torço para que e o nosso novo comandante aplique todos os seus conhecimentos na beirada do campo. Bem vindo Eduardo.

FORZA PALESTRA

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s