TREINO DE FINALIZAÇÃO


Por: Vitor Vizzotto

Uma coisa é certa: O Palmeiras está com o trem nos trilhos novamente. Basta vencer para que comecemos a enxergar as melhoras. O destaque de ontem foi o colombiano, Miguel Borja, que marcou o único gol da partida. Mas que também perdeu gols que ele não perderia com a camisa do Atlético Nacional.

Borja está reencontrando o seu futebol, que passa por adaptação. O nosso estilo de jogo é diferente e a torcida tem sim, que ter paciência com o jogador. Já disse isso aqui e vou repetir: ele não é o Barrios versão 2. Muito pelo contrário, ele joga muito mais bola que o paraguaio tropeçador.

Este slideshow necessita de JavaScript.

No jogo dos campeões: Palmeiras da série A do ano passado e Atlético Goianiense da série B, tivemos dificuldades. O time de Goiás joga muito fechado, coisa que complicou nosso ataque.

Nós demos 4 finalizações certas contra 8 erradas. É preciso começar um treino intensivo de chutes a gol. O verde é um time que toca muito bem a bola, mas que não consegue finalizar com firmeza, coisa que já disse a alguns amigos. Os números de passes ontem são ótimos, 478 certos contra 38 errados. Realmente o que falta é calibrar o pé.

Temos posse, bons toques e jogadas bem construídas. Agora o Cuca tem que sentar com os atacantes e ter umas conversas…

FORZA PALESTRA

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s