O RESERVA DE SORTE

Por: Vitor Vizzotto

Deyverson não passa de um bom reserva. Ontem, na vitória sobre o Flamengo, o camisa 16 fez dois gols, mas puramente por sorte, qualquer centro-avante marcaria ambos. Para mim, aquele Borja do Atlético Nacional é muito mais jogador que o brasileiro. O triunfo de ontem não nos anima tanto, pois estamos praticamente classificados para a Libertadores.

Criamos boas chances, mas também o time carioca não parecia querer jogar muito. Foi um jogo comum, sem grandes devaneios de genialidade. O jogo que era para termos ganhado foi o da semana passada, agora o que vier é lucro.

26595691349_79cd927470_o.jpg

Para o ano que vem, já coloquei minha opinião aqui, é manter o Valentim no comando, porque não há técnico que possa obter um conhecimento atualizado no mercado brasileiro. Trazer fósseis como: Felipão, Luxemburgo ou Abel Braga, não adiantará nada e nós permaneceremos nessa constante troca de treinadores.

Alberto tem suas qualidades, é um técnico novo e que está se aprimorando. O momento clama pela sua permanência. Deixa ele remontar o elenco e veremos no que dá. Chega de trocar de técnico como se troca de camiseta…

FORZA PALESTRA