O adeus do povo

Por:Nicola  Ferreira

Quando saiu a notícia dos preços para os jogos da libertadores todos nós palmeirenses ficamos estarrecidos… 180 para uma fase de grupos. O valor realmente é absurdo, mas não é só o preço que é um absurdo, o maior crime cometido é afastar o futebol de quem sempre lhe deu a mão… o povo.

26192774217_970f7a4c82_o

É compreensível os preços estarem nas alturas. Elenco recheado de estrelas, expectativa alta aumenta a demanda por ingressos sendo assim o preço mais alto vai gerar mais lucro. Entretanto esse desejo compulsivo de gerar cada vez uma receita maior vai destruindo o caráter popular do futebol.

O popular é aquele que utilizava parte do seu baixo salário para ver o Palmeiras jogar é o torcedor que sempre estava pulando e cantando com o verdão, esteja o time perdendo ou ganhando, o importante é estar presente, mas infelizmente cada vez mais esse tipo de torcedor está se extinguindo, tendo pequenos respiros de vida quando o Palestra joga em estádios como o Pacaembu.

180 reais como preço mínimo de um jogo de futebol é ridículo, deplorável e triste. Pelo menos se fosse um jogo de fase finais de libertadores, até entenderia o preço… mas não em uma fase de grupos, hora essa em que o clube deveria propiciar a chance do torcedor assistir uma libertadores.

41021467332_548773ae07_o

O alto preço dos ingressos e a febre do sócio torcedor são manias que aceitamos com a chegada do Allianz Parque e seremos obrigados a nos acostumarmos com essa ideia. Contudo nunca irei conceber a ideia de abandonarmos o verdadeiro pilar do futebol jogado no Brasil. o povo.

FORZA PALESTRA

Anúncios

1, 2 3 vezes…Jaílson.

Por:Nicola Ferreira

O dia 24 de março de 2018 vai ficar marcado na história de Jailson como o dia que ele parou o atacante santista. O goleiro conseguiu realizar no mínimo 2 defesas importantíssimas, entretanto para chegar no auge de sua carreira, Jaílson Marcelino dos Santos passou por dificuldades no Palestra Itália.

A história do guarda redes com o uniforme palestrino começou no longínquo ano de 2014. Criticado pela torcida que não entendia o motivo da contratação de um goleiro de 33 anos que era reserva no Ceará, o goleiro viu o Palmeiras passar por um dos maiores momentos de tensão em sua história, o fatídico jogo do quase rebaixamento, contudo Jáilson manteve sempre a cabeça erguida e trabalhando duro.  Foram 2 anos amargurando a reserva.

40082301815_d6baeb9407_o

Até que chegou o ano de 2016, parecia mais uma temporada fadada a sentar-se no banco de reserva…só que de repente tudo mudou. Prass, titular incontestável do clube machucou enquanto treinava com a seleção olímpica. Vágner, reserva imediato decepcionou, foi então que a titularidade do maior campeão nacional e líder do brasileiro caiu no colo de Jaílson.

Da forma como caiu, ele não largou mais. Terminou o campeonato brasileiro invicto, campeão e premiado com os maiores prêmios dados pela imprensa esportiva. Muito bom para quem 2 anos antes era reserva do Ceará.

2017, ano em que o mesmo torcedor que criticava a sua chegada, começou a defender sua titularidade. No entanto a história de Prass dentro do Palmeiras o manteve mais 6 meses na reserva. Só que a inconstância de Fernando promoveu sua volta, logo com uma defesa de pênalti contra o Flamengo, em uma Ilha do Urubu lotada. Mas como tudo na vida desse homem não parece ser fácil o ano que parecia ser de felicidade se tornou um pesadelo…uma rara contusão no quadril ameaçou colocar sua carreira em risco, mas o nosso Jaílsão da Massa resistiu e se recuperou dessa grave lesão.

40701493821_6efdbd6d41_o

Começou 2018, novamente pedidos de titularidade eram aclamados pela torcida alviverde, só que ninguém esperava que eles fossem atendidos. Fernando Prass e sua idolatria e Weverton, recém contratado pareciam ser os dois a competirem pela vaga. Roger Machado, entretanto, nos surpreendeu ao colocar Jaílson como titular e temos a certeza de que ele não se arrependeu da opção.

A história de Jaílson no alviverde imponente mostra como não podemos desistir facilmente dos nossos sonhos. De reserva, o fã de São Marcos virou titular incontestável do clube com a maior história de goleiros do Brasil, a mesma que já teve Marcos, Velloso, Oberdan e Leão. Os 533 minutos sem ser vazado é uma pequena amostra do que o nosso Pantera negra faz pelo clube…mais que um goleiro, ele já é um ídolo

Forza Palestra

SEMI, CHEGAMOS!

Por: Marina Delamo

2018 é mais um ano em que o Palmeiras inicia a temporada como um dos grandes favoritos nos campeonatos em disputa.

Contratações de peso, estádio cheio, boas atuações. E a noite de ontem confirmou ainda mais isso.

Com uma vantagem de três gols sob o Novorizontino e a classificação para as semis praticamente garantida, o time entrou em campo como se fosse o primeiro jogo. Sem acomodação e nariz em pé: o Palmeiras jogou muita bola.

rumo a semi
Créditos: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação

Os jogadores mostraram um bom entrosamento e vontade de vencer e Lucas Lima foi o destaque da partida. Além de fazer o lançamento para o gol de Willian, o camisa 20 ainda deu os passes para os gols de Keno e Papagaio.

Lucas tem mostrado porque é o titular do meio de campo Palmeirense. O jogador desde a sua estreia, tem sido um ótimo armador da equipe, participando de muitos gols e com autonomia em outras partes do campo.

liminha
Créditos: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação

Roger, inclusive, trabalha com o sistema de marcação adiantado, fazendo os jogadores defensivos terem uma liberdade maior de sair jogando e contribuir lá na frente. Exemplo disso é o gol de Bruno Henrique, abrindo o placar da goleada.

O Palmeiras chega na semi com muita confiança e força. O próximo adversário será definido hoje, ao final da última rodada das quartas.

CASO SCARPA

Por: Vitor Vizzotto

Tudo que vem acontecendo com Gustavo Scarpa, não passa de um mero deslize judicial que aquele clube carioca se aproveita do fato para tumultuar o ambiente. É de praxe que este tal time queira prejudicar os demais em detrimento próprio. Vide o caso Lusa, em 2013, que pra quem não se lembra, os cariocas deixaram de cair para série B, por conta de uma inscrição irregular de um atleta da Portuguesa.

Pra vermos como o futebol é um meio que ainda é podre… isto é algo inaceitável! O jogador é do Palmeiras, não adiantará este “mimimi” todo. Ao contrário da Lusa, que não possui um suporte judicial tão forte, nós não deixaremos que pilan*** triunfem.

Captura de Tela 2018-03-19 às 16.36.40.png

O Fluminense alega que existe uma multa rescisória de 200 milhões de reais, porém isto é uma falácia, pois o jogador nem tinha mais contrato com o clube. Obviamente que eles não querem o jogador de volta, isto posso garantir. Eles só querem se beneficiar de uma situação, só querem aparecer na mídia. Afinal, o que este time ganhou nos últimos anos? Absolutamente nada.

Podem tentar, mas aqui vocês estão querendo comprar briga com cachorro grande, ou melhor, porcos gigantes! #VemFlu, estamos preparados!

FORZA PALESTRA

RUMO ÀS QUARTAS!

Por: Marina Delamo

O Palmeiras garantiu a liderança do Campeonato Paulista vencendo o Ituano por 3×0, na última rodada da primeira fase.

Com um time misto e com estreia de Weverton no gol e Papagaio no ataque, o verdão foi até Itu e saiu com a vitória no bolso. Roger Machado aproveitou Dudu, Bruno Henrique e Victor Martins do time titular e viu Gustavo Scarpa entrar com tudo na disputa pela titularidade.

O atacante, antes mesmo de marcar, já estava se destacando na partida pelas suas tentativas de gols de fora da área. Scarpa tem uma canhota poderosa e arriscou até marcar o primeiro, com passe de Guerra, no final da primeira etapa.

scarpa gol
Créditos: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação

O segundo tempo iniciou da mesma forma, com pressão alviverde, e Scarpa encheu o pé e marcou mais um, após boa troca de passes dentro da área adversária.

Desde que chegou no time, Roger vem observando a base e colocando os garotos para treinar com os profissionais. Ontem, pela primeira vez, um deles teve sua chance como titular, o atacante, Papagaio, de 18 anos, e outros cinco compuseram o banco.

Fernando, que entrou no lugar de Papagaio, na segunda etapa, balançou as redes pela primeira vez e eliminou o Ituano do Campeonato Paulista, por saldo de gols.

fernando gol
Créditos: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação
Foi um jogo completamente diferente daquele contra o São Caetano, também com equipe mista. O Palmeiras criou mais e soube aproveitar as chances. O próximo jogo será pelas quartas de final, contra o Novorizontino, ainda sem data.

 

FORZA PALESTRA

CHOQUE QUE SÓ TEM UM REI

Por: Vitor Vizzotto

No início do jogo, a torcida estava enlouquecida. Parecia um jogo de final de campeonato. Foi a partir disso, acredito, que o São Paulo travou e o Palmeiras nasceu, como um gigante. Só quem estava lá que poderá descrever o que foi esta epopeia.

Pudemos ver um jogo de atletas que estavam ligados, que fizeram a melhor partida do ano pelo verde e honraram o manto. Foi algo lindo de ver, a vontade que os jogadores deixaram em campo.

39991225744_89b78c3085_o

Muito diferente do jogo de segunda, contra o São Caetano, o verdão dominou os 90 minutos e fez o que quis. Óbvio, contra o time do ABC, era um time reserva que não tinha entrosamento e nem ritmo de jogo. Porém, alguns atletas que estavam segunda, estiveram ontem e despertaram o bom futebol.

Diogo Barbosa que se cuide, pois este a baixo, o grande Victor Luis, fez uma partida excepcional. Ele foi impecável durante todo jogo e pra mim tirou nota 10, sem sombras de dúvidas.

25830050867_bb8a943995_o

Na fase do mata-mata enfrentaremos o Novorizontino, novamente. Acho importante uma conquista no Paulista. Tomara que venha, para dar mais ânimo pra Libertadores.

Referente ao São Paulo, é bom o Aidar pensar 50 vezes antes de falar que estamos nos apequenando. Freguês que não nos decepciona, sempre volta e sai derrotado.

FORZA PALESTRA

A LÁSTIMA ALVIVERDE

Por: Vitor Vizzotto

É impressionante como foi péssimo o jogo de ontem. Sem dúvidas, o pior jogo do ano. Ok, eram os reservas, mas papagaio, que show de horrores. Só fazendo um trocadilho e eximindo a culpa do menino Papagaio, o Palmeiras não jogou absolutamente nada. A escalação do Roger, que a princípio parecia inovadora, não deu certo.

Infelizmente o time não apresentou reação e muito menos vontade, ao que pareceu. Pífio é pouco… Porém, era um time que nunca tinha atuado junto, neste ano ainda. Há de se entender que faltava ritmo e entrosamento, mas não dava pra perder pro elenco do São Caetano, né?

39935161384_5eab3f521d_o

Agora, o que falar deste cidadão aqui a baixo? Ele falhou no lance do gol e como disseram no estádio: a cada toque dele na bola era um momento de pânico. Fabiano não é um jogador extraordinário e ontem fez a pior partida da vida dele. Passada a raiva, ele também não é um jogador horroroso, mas é medíocre, na pureza do termo, mediano. Nada mais do que isso. 26773487648_915111c80f_o

Agora a responsabilidade para o clássico de quinta aumentou muito. A pressão é grande e os jogadores titulares terão que deixar a alma, para agradar a torcida palestrina. Estamos a quatro jogos sem vencer. Ganhar é obrigação.

FORZA PALESTRA