CHOQUE QUE SÓ TEM UM REI

Por: Vitor Vizzotto

No início do jogo, a torcida estava enlouquecida. Parecia um jogo de final de campeonato. Foi a partir disso, acredito, que o São Paulo travou e o Palmeiras nasceu, como um gigante. Só quem estava lá que poderá descrever o que foi esta epopeia.

Pudemos ver um jogo de atletas que estavam ligados, que fizeram a melhor partida do ano pelo verde e honraram o manto. Foi algo lindo de ver, a vontade que os jogadores deixaram em campo.

39991225744_89b78c3085_o

Muito diferente do jogo de segunda, contra o São Caetano, o verdão dominou os 90 minutos e fez o que quis. Óbvio, contra o time do ABC, era um time reserva que não tinha entrosamento e nem ritmo de jogo. Porém, alguns atletas que estavam segunda, estiveram ontem e despertaram o bom futebol.

Diogo Barbosa que se cuide, pois este a baixo, o grande Victor Luis, fez uma partida excepcional. Ele foi impecável durante todo jogo e pra mim tirou nota 10, sem sombras de dúvidas.

25830050867_bb8a943995_o

Na fase do mata-mata enfrentaremos o Novorizontino, novamente. Acho importante uma conquista no Paulista. Tomara que venha, para dar mais ânimo pra Libertadores.

Referente ao São Paulo, é bom o Aidar pensar 50 vezes antes de falar que estamos nos apequenando. Freguês que não nos decepciona, sempre volta e sai derrotado.

FORZA PALESTRA